Excluir cópias antigas de Backup do Windows Server

Abaixo veremos como podemos excluir as cópias de backup do Windows Server para liberar espaço em disco para os próximos backups.

Iremos utilizar o DiskShadow no servidor onde encontra-se o Windows Server Backup (procedimento realizado em Windows Server 2008 R2).

Abra o Prompt de comando com permissão de administrador.

1

Digite: DiskShadow

2

Digite: list shadows all

3

Ele irá listar todas as cópias de sombra no servidor e podemos ver o número de sombras, neste momento é de 115.

Podemos remover a cópia mais antiga, utilizando o seguinte comando: delete shadows oldest w:\

4

Obs.: (W:\) é onde o volume dos backups esta montado neste exemplo

Se nós listarmos novamente, teremos os novos números de sombras.

5

Agora o número é de 114.

Veja mais opções do Diskshadow.

6

 

Mais informações: http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc772172(v=ws.10).aspx

 

Compartilhe, deixe seu comentário.

Compartilhando idéias!

Grátis: eBooks Microsoft

São mais de 100 eBooks gratuitos que a Microsoft deixa disponível para você.

São livros sobre várias ferramentas da Microsoft, Office 365, Windows Server, SQL, Sharepoint e muito mais. Para ter acesso basta visitar esse link eBooks Microsoft.

Aproveite! Compartilhando idéias…

Microsoft Virtual Machine Converter 2.0

O Microsoft Virtual Machine Converter 2.0 é um utilitário da Microsoft para profissionais de TI e empresas que precisam converter máquinas virtuais e discos rígidos virtuais de soluções da VMware para Hyper-V e Microsoft Azure.

dsfvcfsdxc

O Microsoft Virtual Machine Converter 2.0 pode ser implementado com dependências mínimas e como ele oferece suporte nativo para o Windows PowerShell, ele permite o uso de scripts e a integração com soluções para automação de datacenters como o Microsoft System Center Orchestrator 2012 R2. Ele também pode ser executado através da interface de linha de comando do PowerShell.

Além disso, o Microsoft Virtual Machine Converter 2.0 é fácil de baixar, instalar e usar, já que ele também possui uma interface gráfica para facilitar a conversão de máquinas virtuais:

MVMC_2.0_gui

NOVIDADES NO MICROSOFT VIRTUAL MACHINE CONVERTER 2.0

A versão 2.0 traz diversos novos recursos e melhorias. Confira a lista abaixo:

  • Converte discos rígidos virtuais conectados à uma máquina virtual VMware para discos no formato VHD que podem ser enviados para o Microsoft Azure.
  • Oferece suporte nativo para o Windows PowerShell, permit8indo o uso de scripts e integração com soluções de automação.
  • Suporta a conversão e provisionamento de máquinas virtuais guests baseadas em Linux do VMware para Hyper-V.
  • Suporta a conversão de máquinas virtuais offline.
  • Suporta discos rígidos virtuais no formato VHDX quando a conversão é feita no Windows Server 2012 R2 e Windows Server 2012.
  • Suporta a conversão de máquinas virtuais do VMware vSphere 5.5, VMware vSphere 5.1 e VMware vSphere 4.1.
  • Suporta o Windows Server 2012 R2, Windows Server 2012 e Windows 8 como sistemas operacionais guests que podem ser selecionados para conversão.

Clique na imagem abaixo para realizar o download.

Microsoft Virtual Machine Converter 2.0

Fonte: Baboo

Quais servidores estão as FSMO?

Para descobrirmos quais Servidores hospedam as FSMO dentro da floresta ou domínio existem várias formas. Uma delas é através de um simples comando “netdom query fsmo“. Para executar tal comando em uma estação de trabalho é necessário que seja instalado o “Support Tools” a partir do diretório Support\Tools do CD de instalação do Windows Server.

Abaixo o exemplo do comando em execução.

Prompt de Comando

netdom query fsmo

Conheça um pouco mais sobre FSMO: Flexible Single Master Operation (Operações Mestre)

Até o próximo post!

Removendo computadores inativos na rede – Dsquery

Muitos analistas e administradores tem dificuldade em saber quais computadores presentes no Active Directory estão sendo utilizados ou estão inativos. Isto pode acontecer devido a remoção de um computador da rede, sem que ele tenha sido removido do Domínio ou  por não remover a conta de computador.

O comando DSQUERY permite identificar os computadores inativos a “XX” semanas. Para usá-lo basta usar os seguintes comandos:

No comando abaixo estamos buscando computadores que não se comunicam com o AD a mais de 4 semanas.

dsquery computer -inactive 4 

Para conhecer mais sobre o comando, execute dsquey computer /? através do console do Servidor Windows.

No exemplo abaixo, iremos realizar uma consulta onde buscaremos os computadores que estão inativos a mais de 10 semanas e em seguida iremos remover esses computadores e exportar o resultado em um arquivo txt.

Comando:

dsquery computer -inactive 10 | dsrm -subtree -noprompt -c > c:\teste.txt

Explicação:

dsquery computer -inactive 10 : faz uma consulta no Active Directory por computadores com 10 semanas de inatividade. Alterando este valor podemos alterar para quantidade de semanas desejada.

dsrm -subtree -noprompt -c > c:\teste.txt : dsrm é um parâmetro utilizado para apagar computadores no Active Directory, os parâmetros -subtree -noprompt -c são para apagar recursivamente e sem interação do usuários e > c:\teste.txt insere o resultado do comando em um arquivo teste.txt no C:/ este caminho pode ser alterado. ( Lembrando de executar este comando com elevação no prompt , para pode salvar arquivo no C:/).

Até o próximo post!